Tudo sobre o seu:

American Curl

O American Curl é uma raça de gato recente cuja característica principal são suas orelhas voltadas para trás. Essa conformação faz com que pareça estar sempre em alerta, mas, na verdade, ele é um pet bastante sociável e amoroso. A história da raça começou nos Estados Unidos, em 1981, quando uma gata preta de pelos longos e orelhas curvadas apareceu na porta de uma das residentes do estado da Califórnia. Pouco tempo depois, a felina deu à luz a lindos filhotes e metade da ninhada desenvolveu a curvatura nas orelhas. Essa aparência especial do American Curl é resultado de uma mutação genética por um gene dominante, ou seja, se dois gatos com a orelha para trás cruzarem, seus filhotes terão 100% de chance de nascerem do mesmo jeito. A raça foi reconhecida totalmente em 1993 pela The Cat Fanciers' Association e hoje é bem popular no seu País de origem.

Características do seu American Curl

Energia
Apego ao dono
Tendência a miar
Amoroso
Inteligência
Brincalhão
Amizade com crianças
Amizade com outros animais
Banner - Cadastre seu pet
Perfil pet
Cadastre seu bichinho e descubra os produtos perfeitos para ele!

Especificações do American Curl

Tamanho

A altura varia de
20 a 25 cm

Peso

O peso varia de
3 a 5 kg
Pelagem
Por mais que suas orelhas sejam destaque, outras características tornam o American Curl um gato único e impressionante. Sua pelagem mais comum é longa, sedosa e macia, mas também há exemplares com a pelagem curta. Em relação à cor, a raça é aceita em todas possíveis: tigrado, escama de tartaruga, branco, preto, tricolor e por aí vai.
O American Curl é um das raças mais saudáveis que existem. Não há nenhuma doença genética conhecida nesse gato e, por isso, ele pode viver por muito tempo. Um problema que já foi relatado em alguns exemplares, é a atrofia progressiva da retina, uma enfermidade que pode levar à cegueira. Porém não há estudos o suficiente para determinar se há uma predisposição na raça. As infecções de ouvido ou otite são uma preocupação que os pais devem ter, pois a anatomia curvada faz com que seja difícil limpá-las, tornando um ambiente agradável para as bactérias, fungos e ácaros.
O American Curl é conhecido por ser o “Peter Pan” do mundo felino. Não é incomum que até os gatos idosos dessa raça tenham espírito jovem e estejam correndo pela casa e pulando nos móveis. Amoroso, sociável, apegado aos seus pais humanos, curioso e inteligente: essas são as palavras que definem esse gatinho tão especial. A raça ama brincar e se divertir, principalmente quando as pessoas interagem com ele, mas não é um tão ativo. Muitas vezes, ele vai preferir ficar do seu lado no sofá enquanto assiste televisão. Fique atento às portas da sua casa, pois esse danadinho tem fama de saber abri-las como ninguém.
Pense em um gato inteligente e meticuloso, esse é o American Curl. Como dito anteriormente, não é incomum que eles saibam abrir as maçanetas das portas com um pulo ou as portas dos armários. Por mais que não sejam tão ativos, é preciso estimular a raça mentalmente com jogos interativos e brincadeiras com frequência. Esses peludos também podem aprender truques, basta oferecer o petisco favorito.
O American Curl é bastante saudável e jovial por toda vida. Há exemplares que já chegaram aos 20 anos de idade, mas a expectativa de vida da raça é de 12 a 16 anos.
O Curl, como é apelidado carinhosamente, precisa de um cuidado básico, assim como todos os gatos. Tanto os exemplares de pelagem curta quanto os de pelagem longa são fáceis de manter e escovar, visto que uma ou duas escovações semanais são suficientes para retirar o pelame morto e evitar formação de bolas de pelo em seu estômago. É uma boa ideia acostumá-los a escovarem os dentes desde cedo e permitirem que suas orelhas sejam manipuladas, pois é necessário verificá-las semanalmente. Ofertar uma ração de boa qualidade e praticar exercícios físicos é ideal para evitar o sobrepeso na raça.
Você sabia que o American Curl não nasce com a orelha curvada? Aos poucos, a orelha desse gatinho vai indo para trás e se conformando da forma que conhecemos - isso de cinco a 10 dias depois do nascimento. Até os quatro meses de idade, as orelhas podem desenrolar e enrolar novamente até atingir sua forma fixa.